terça-feira, 4 de setembro de 2007

Reflexo Imperfeito





Acabou de ser constatado: beleza impede que os outros confiem em você. E eu me pergunto se isso tem fundamento, e se tiver, é plausível? ao ver os belos as pessoas tendem a pensar que a beleza transpõe sentimentos nobres. Ora veja, e quem disse que os "bonitos" não são legais, eu que tantas vezes me sinto aprisionada nesse rosto de boneca envolto por um corpo voluptuoso de mulher, digo, e reafirmo: nada me cansa tanto quando rostinhos bonitos, ô tédio. Queria ser feia, parece demagogia mais não é. Ao menos os feios tem a certeza de que são amados pelo que verdadeiramente são, talvez aí, não sendo considerada diva, eu pagasse de fofa e não de escrota. E só pra salientar: odeio quando a pessoas me dizem: " mas você não entende, pois você é bonita", me poupem! a ingenuidade não brilha tanto em mim ao ponto deu achar que nunca me dei bem com isso. E digo mais, nem sou tão legal assim ao ponto de nunca ter usado isso ao meu favor, lembro da época da escola quando os meninos brigavam entre si pra fazer os meus trabalhos , ou quando as meninas disputavam entre si pra ser a minha melhor amiga. Já até me encanei com isso, mas hoje, sinceramente, não ligo pra essas bobagens, enquanto escrevo aquecida pelo calor do saber e satisfeita diante de minha cultura, crianças passam fome, mulheres são estupradas, a humanidade mantém o seu circo dos horrores, e sim, com isso eu realmente me importo. Com os bonitos o mundo pode até parecer diferente, mas é tudo ilusório, a sujeira é a mesma. Ser bonita não importa, porque ser bonita não basta, eu quero mudar o mundo, e plantar uma semente de felicidade em todos os corações que eu puder, a verdade é que eu sempre preferi os feios inteligentes, e não que a beleza me incomode, é só que ela não faz muito sentido pra mim, e não que eu leve jeito pra Madre Tereza de Calcutá, to longe disso, milhas e milhas... mas é que eu queria mais respeito para com a minha sensibilidade, digam não aos rótulos, e digam sim a essência de cada um, cada pessoa é um universo único e indivisível. Em suma, apenas sejam mais inteligentes, grito: beleza de é rola! pronto, agora me sinto bem, e acabo de lembrar da terrível frase que ouvia na infância: "menina bonita não fala palavrão". Na real, que se foda os conceitos!


2 comentários:

Israel (Peace) disse...

Beleza é muito relativo....
na verdade .. a beleza é a relatividade em sua essencia...

Israel (Peace) disse...

eu to começando a me apaixonar perdidamente por alguem...
to com muito medo disso...
mas vejo uma beleza ao fundo...
eu achei que nao seria capaz de sentir isso novamente...
é muito triste e doloroso voltar a sentir...e muito bonito tambem...
nao consigo me descrever...
é simplesmente magico....