segunda-feira, 13 de agosto de 2007

O que eu sinto é tão bom que dá até medo. Eu que sempre desconheci essa sensação, me pego rindo da vida, o meu sorriso há tempos não era tão pleno. Me sinto o sol, que some feliz pois sabe que amanhã irá surgir novamente. Eu queria que o "pra sempre" existisse fora dos meus sonhos, queria poder te olhar nos olhos e te dizer que eu te quero "pra sempre", e se o seu sorriso me lembrasse a lua, então tudo seria perfeito.

Um comentário:

Israel (Peace) disse...

olhaaa, cuidado com a maldita esperança...